segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

No passado dia 12 de Fevereiro, celebrou-se o Carnaval na Biblioteca.

Para além dos alunos terem tido a oportunidade de conhecer a história do Carnaval Português, nomeadamente, os Caretos de Podence, tiveram também a possibilidade de transformar a sua máscara em fantoche animado, pois a equipa de animação da Biblioteca promoveu, em parceria com a Professora Cláudia Marcelino e a turma de Animação Sociocultural (11ºF) e com a Professora Manuela Lima e a turma 9ºC, um Workshop de construção de fantoches.


Como se pode constatar o que não faltou foi imaginação, diversão e fantoches giros!

video

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010





Esta escritora latino-americana, filha de um diplomata e sobrinha de Salvador Allende, Presidente do Chile, nasceu em Lima, no Peru, em 1942. Ainda jovem (com 17 anos) inicia a carreira de jornalista em periódicos, revistas femininas e na televisão. Em 1973, em consequência do golpe militar chileno e assassinato do seu tio Salvador Allende, foi obrigada a exilar-se na Venezuela. Aconselhada por Pablo Neruda, poeta chileno, resolve enveredar pela escrita literária e é no exílio que edita o seu primeiro romance A Casa dos Espíritos, em 1982. O sucesso mundial da obra incentiva-a a continuar no caminho da escrita, tendo já escrito cerca de vinte e duas obras ( romances, contos, peças de teatro) traduzidas em mais de 30 idiomas. Ao longo dos anos, Isabel Allende tem recebido diversos prémios que a consagram como a escritora latino-americana mais conhecida. Actualmente, vive nos E.U.A.

Algumas obras:
A Casa dos Espíritos (1982)
O reino do Dragão de Ouro (2003)
De Amor e de Sombra (1984)
Inês da Minha Alma (2006)
Eva Luna (1987)
A Soma dos Dias (2007)
Cartas a Paula (1995)
Filha da Fortuna (1999)
Retrato em Sépia (2000)
O reino do Dragão de Ouro (2003)
Resumo do Livro do Mês:
O relato da vida de Esteban Trueba, da mulher, dos filhos legítimos e naturais, e dos netos vai levar-nos do começo do século até à actualidade; é toda uma dinastia de personagens à volta das quais a narrativa vai gravitando sem perder de vista os outros - mesmo depois de mortos. O temperamento colérico do fundador, a hipersensibilidade fantasista da sua mulher e a evolução social do país (…) tornam difíceis as relações familiares, marcadas pelo drama e a extravagância e conduzem a um final surpreendente e cruel que, no entanto, deixa em aberto o caminho de uma trabalhosa reconciliação.
Resumo retirado da contra capa da obra publicada pela Difel



Realizador: Bille August

Intérpretes:
Meryl Streep (Clara)Glenn Close (Ferula)Jeremy Irons (Esteban Trueba)Winona Ryder (Blanca)Antonio Banderas (Pedro)